Postagens

Mostrando postagens de Março 29, 2015

Primeiro de Abril, do Zé Pedro

Imagem
O que seria do Maio se não fosse o Abril? O que seria de mim se não fosse o primeiro de Abril? Maio sem Abril, seria um ano sem calendário. Eu, sem o primeiro de Abril, jamais seria Eu.
O primeiro de Abril é tão importante Que o mundo em um instante se acha no primeiro de Abril. Se na vida formamos uma cadeia familiar quando nascemos 19 de Maio não teria sentido, sem o primeiro de Abril.
De antológicas passadas pelas ruas de terra de Sem Peixe Dos pés lambuzados em estrume de vaca no sitio do vôzinho Das mãos doídas com o cabo de vassouras aos sábados Sob a tutela da vozinha
Dos pés engordurados de capim gordura Com os dedos esfolados com os espinhos de joá Nas manhãs nubladas atrás de vacas para tirar leite Com os pés esburacados de bicho de pé
O primeiro de Abril é único Sem ele, não haveria banho no canal do moinho de milho Não teria como pegar goiabas, branca ou vermelhas Para comer, doce ou para os porcos
Sem o primeiro de Abril Não teria como brincar de vaquinhas com sabugos de milho Escorregar no pa…

Lua no mar, de prata

Imagem
Olha como ela é Seu brilho no mar Espelho de seu brilho no céu No céu é uma estrela No mar pop star
Pois é, pois é
Olha a lua no mar Olha a lua a brilhar No céu ela é cupido No mar esculpida
Olha como ela é Pois é, pois é
No papel ela é poesia Nos sonhos fantasias No céu é uma estrela No céu ela é a estrela
Pois é, pois é
No mar uma pop star Olha a lua  brilhar Para os cristãos Ela é de São Jorge
Símbolo do amor Madrinha dos amantes Para os antigos Marcava o tempo Sinal de um novo rebento.
Lua minguante Lua Crescente Lua cheia Lua nova O mar é seu espelho
O céu é seu palco

Quem dormir primeiro apaga a luz

Imagem
Das coisas boas da vida, conseguimos imortalizar algumas. Desde que nascemos até à idade madura, ou seja, a que você se encontra, caminhamos e deixamos várias pegadas pela areia. Como filhos, sobrinhos, netos, ou (as), marcamos sempre e deixamos no coração daqueles que nos amam e nos rodeiam, lembranças únicas. Até que um dia, por diversas razões tudo vira saudades, boas e gostosas lembranças, ou enormes decepções ou frustrações. Tenho tido um saldo positivo, apesar das dores e angústias das dificuldades, mas, que pelo próprio perfil que carrega como ser, me faz ser desta forma, e por sê-lo, as facilidades passam longe do meu caminho. Curto tudo que me envolve e apaixonado pelas  coisas belas que tenho. Umas das coisas marcantes em nossas vidas, é o prazer do filho ou filha, exigir nossa presença na hora de dormir. Como já tenho dois enormes cruzeirenses, arrumamos uma pequena, que há oito anos nos consomem. Eu, como estou militarmente caseiro, curto tudo e a todos, naquilo que a vida me pres…