Postagens

Mostrando postagens de Outubro 25, 2015

Amor Dinha

Imagem
Ao programar minha nova encarnação, como conceito espírita, fiz minhas opções, naturalmente que sob orientação de espíritos superiores, com a benção divina. Do dia que nasceria, a carcaça que usaria, e o leito familiar em que nasceria, seria mimado, acolhido e cuidado. Meus defeitos que hoje são enormes, certamente eram maiores quando ainda estava no mundo espiritual. Ao optar em nascer em um sitio do meu avô em uma pequena e maravilhosa cidade de Minas Gerais, Sem Peixe, entre belas e enormes montanhas. Fui educado ao som de palavras doces, mas severas, de aconchegos mimosos, mas dentro das discrições mineira. Cresci em meio a uma família de oito irmãos (vou corrigir, antes que o seja por outros, quis apenas usar o oito como temporal, fomos nove), tios que eram como pais e tias como mães, vó e vô como pais, mas maravilhosamente carinhosos e acolhedores no afeto humano. Coroinha na capela de Sem Peixe, tenho algumas lembranças em meu dia de coroamento e algumas vezes como repiqueiro do sin…