Postagens

Mostrando postagens de Março 24, 2013

Maresia, mar e a Zaya

Mar, maresia.
Maresia amiga do amor, da fantasia.
Mar, com vida, com vento, velha onda.
Maresia, no embalo das ondas, o princípio da maresia.
Mar, em sua calmaria no calor do sol, o vapor da maresia.Quantos santos invocados, agradecidos pela ereta gratidão.
No clima da maresia, o velho vira jovem.
No clima da maresia a tia vira guria.
No clima da maresia a luz cria fantasia.
No clima, o amor resurge na maresia.No mar o feio fica bonito.
No mar a àgua em nome da vida, sauda a todos ao sabor do sal.
No mar o vento balanço, o balanço do mar.
No mar quem entra sai, de tão belo biquini e zaya.
No mar a Zaya, uma onda e a maresia, sonho e fantasia

Tribobó Litoral City

Imagem
Este foi o primeiro fim de semana em que comportei-me como morador da bela Matinhos. Após retornar de Maringá na Sexta feira, fomos à noite assistir a peça de teatro Tribobó Litoral City.
O Gabriel, a Gabriela, a Jakky e o Carlos Alberto Cotta, estávamos em quarteto e foi muito bom.
A peça Tribobó Litoral City, foi produzida e representada por alunos e professores da Universidade Federal do Paraná Litoral.
Para começar ao chegarmos deparamos-nos com uma enorme fila, que em pouco tempo esvaziou-se com a abertura do bom teatro do Centro Cultural de Matinhos, nós que estávamos no final da fila tivemos que acomodar-nos no chão do teatro. Optamos em ficar na frente, sentados ao chão, o que antes do inicio do espetáculo foi um incomodo, durante as quase uma hora e meia de apresentação passou despercebido.
Misturando critica ao poder público, ganância dos políticos, domínio dos poderosos, a comédia é perfeitamente entendida pela platéia que se envolveu em deliciosas gargalhadas e interação …