Postagens

Mostrando postagens de Outubro 9, 2011

História das Constituições brasileiras de 1824 a 1988

Imagem
CONSTITUICÃO POLITICA DO IMPERIO DO BRAZIL - DE 25 DE MARÇO DE 1824 No dia 3 de março de 1823, no governo de D. Pedro I, a Assembléia Geral Constituinte e Legislativa do Império do Brasil iniciou sua legislatura com o intento de realizar a primeira Constituição Política do país. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constitui%C3%A7ao24.htm







CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DOS ESTADOS UNIDOS DO BRASIL - DE 24 DE FEVEREIRO DE 1891 A elaboração da iniciou-se em 1890, no governo de Deodoro da Fonseca. Esta constituição vigorou durante toda a República Velha e sofreu apenas uma alteração em 1927. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constitui%C3%A7ao91.htm






CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DOS ESTADOS UNIDOS DO BRASIL - DE 16 DE JULHO DE 1934  Promulgada em 16 de julho pela Assembléia Nacional Constituinte, no governo de Getúlio Vargas, foi redigida "para organizar um regime democrático, que assegure à Nação, a unidade, a liberdade, a justiça e o bem-estar social e econômico"…

Que os sonhos possam reinar na inteireza dos corações

Imagem
Fim de semana, chuva que refresca, esperanças e sonhos que oxigenam. Semana cheia, PUC agitada, provas e a palestra do Hélio Duque ocupando todo o espaço da preocupação. Pavesi leonina, Cristian entusiasta, Alaércio solidário, e colegas acadêmicos entre as necessidades curriculares, incentivos para participarem, sem imaginarem o que poderá acrescer-lhes, o que poderá mudá-los. Pelo sim e pelo não a adrenalina esteve sempre no ponto extremo, mas, pela longa convivência com o palestrante, tinha certeza de que não erraria o bote, o tiro foi certeiro. Hélio Duque foi acima do esperado, um perfeito show man, agradou a todos.
Os amigos reencontrados, saudades de tempos idos, onde a prática do exercício democrático da política era um dever cívico e os que o exerciam eram respeitados, alguns até venerados. Colegas de parlamento, a Academia, amigos da Academia, da imprensa, em todos, o prazer majestoso do reencontro. Como é bom poder olhar para o passado, ver as atitudes tomadas, as amizades feit…