Postagens

Mostrando postagens de Outubro 31, 2010

De Dinha, todos temos um pouco

Imagem
Certos, nunca podemos estar. No máximo convictos. Convictos ou certos, o certo é que a bondade da pessoa humana, mede-se pela sua parte solidária, piedosa, caridosa. Àqueles que teem a felicidade de ainda poderem ligar para suas mães, dar uma chorada, uma resmungada, confidenciar o inconfidenciável, relatar planos e atualizar seus sonhos, que Deus os ilumine. Àqueles que a qualquer momento, em um átimo de segundo, pode conectar-se com sua amada mãe, que está em outro plano, na calçada da porta de Deus, que Deus os consolem. Nós que ocupamos esta última alternativa, sempre temos em nossas famílias, alguém que possa nos ouvir e dividir problemas e casos. Dos entre nós que não tem esta felicidade, deve ter um sofrimento dobrado. Confesso que, a distância me proíbe muitas coisas que a proximidade me escancararia a porta. Algo assim como uns minutos de ônibus.
Algo como algumas pernadas pelas ruas quentes e empoeiradas, da ruas estreitas e com intenso tráfego, na viés dos canteiros florido, de um …