Postagens

Mostrando postagens de Março 7, 2010

Galo que cisca, galinha que canta no raiar do dia

Imagem
Em Minas tem um ditado, “galo que cisca, galinha que canta no raiar do dia, é coisa de distúrbio juvenil, liga não viu.” Estamos assistindo a todo momento as especulações a respeito das formações das chapas para as disputas eleitorais estaduais e federais. Nós que cantamos nos terreiros paranaenses, nunca ciscamos, apesar de que, quando orientávamos aos que gostavam de ciscar, que o fizesse para dentro, pois assim juntaria, agregaria, ao contrário do que muitos imaginam o ato de ciscar. Estes com algum tipo de disturbios preferem ciscar como galinha. Nos terreiros do lado de cá, ficamos à mercê dos humores daqueles que fazem da dita, a única forma de agir, mesmo que não seja dura a tarefa que hora exerce. Pautado por interesses próprios, individuais, a maioria dos políticos age de forma kamikaze.
Acreditam na gratuidade do acesso ao poder.
Tiveram gratuitamente o acesso que os levaram ao pupilo.
Portanto, não tem problema ficar sem tê-lo, arrisca-se na nova espraiada, como que, se adentra…