Postagens

Mostrando postagens de Novembro 25, 2007

Operação abafa em andamento

Imagem
Blogg do Senador Alvaro Dias





CPI das ONGs - Na Sessão da CPI de ontem (27 de novembro) ficou demonstrado que o Governo não quer investigar as falcatruas praticadas por entidades ligadas a pessoas do Partido dos Trabalhadores. O churrasqueiro "aloprado" do Presidente da República, Jorge Lorenzetti, que levou mais de R$ 5 milhões para a ONG Unitrabalho foi defendido de todas as formas pela tropa de choque governista. Nem mesmo investigar uma ONG que desviou recursos da FUNASA em 2002 a base do governo permite. A CPI está caminhando para ser um verdadeiro instrumento de esconder os desvios milionários feitos por ONGs! É preciso reagir rapidamente, ou simplesmente abandonar essa CPI chapa-branca em protesto contra a manipulação do governo.
http://senadoralvarodias.blogspot.com/

Clodovil passa mal e tira licença

Imagem
Do G1, em São Paulo


Deputado federal, que teve derrame cerebral em junho, apresentou crise de hipertensão.
Ele terá de ficar três semanas em repouso.O deputado federal Clodovil Hernandes (PR-SP) passou mal após desembarcar de um avião na quarta-feira (21). Ele passou por consulta no Hospital das Clínicas e foi aconselhado pelo médico a permanecer três semanas afastado do trabalho. O parlamentar teve mais uma crise de hipertensão, de acordo com sua assessoria. Clodovil descansa na casa de um amigo em São Paulo.

Clodovil foi vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) de "leve intensidade" em junho deste ano. Ele ficou sete dias internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Em maio, ele passou por um cateterismo na Clínica Santé. O parlamentar ficou internado com suspeita de dengue na mesma clínica, em março.

Silas Rondeau será denunciado; governo escolherá outro ministro

Imagem
ANDRÉA MICHAEL
da Folha de S.Paulo, em Itaipava (RJ) O Ministério Público Federal denunciará ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) o ex-ministro das Minas e Energia Silas Rondeau por suposta prática de crimes relacionados à Operação Navalha --que revelou um esquema de fraude em licitações públicas comandadas pelo empreiteiro Zuleido Veras. 20.mai.2007/Folha ImagemRondeu, incluído na denúncia da PGR ao STJ, afasta possibilidade dele retornar ao governoRondeau deixou o ministério em maio. Tinha o compromisso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de retornar se ficasse de fora do rol de denunciados. Tal possibilidade está descartada. O PMDB terá de indicar outro nome ao cargo. Pesa contra o ex-ministro das Minas e Energia, conforme investigação da Polícia Federal, a suspeita de ter recebido um pagamento de propina de R$ 100 mil de Zuleido Veras, dono da construtora Gautama. O dinheiro seria a contrapartida pela liberação de aditivos a contratos firmados pela Cepisa, a estatal de energi…

Partidos pedem devolução de mandato de 1.773 infiéis

Folha de São Paulo - 30/11/2007

A Justiça Eleitoral recebeu em todo o país 1.773 ações de partidos que pedem a devolução de mandatos de "infiéis" que trocaram de legenda. Se a Justiça Eleitoral acatar os pedidos, os políticos perderão os mandatos para os partidos, que deverão indicar os vices ou suplentes para assumirem os cargos. O prazo para que os partidos reivindicassem os cargos terminou ontem para quem trocou de legenda até 30 de outubro, quando foi publicada a resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com as novas regras da fidelidade partidária. A partir desta sexta-feira, começa a contar o prazo para que vices, suplentes e Ministério Público reivindiquem os mandatos dos "infiéis. Pelas regras do TSE, estão sujeitos à perda de mandato os políticos que deixaram as legendas após 27 de março nos cargos proporcionais --deputados estaduais, deputados federais e vereadores-- ou 16 de outubro nos cargos majoritários --prefeitos, governadores, senadores e president…

CPMF - Parece que foi ontem

Imagem
Revista Isto é - 12/06/1.996

Na quarta-feira 5, Adib Jatene ouviu de um muito pouco convicto presidente da Câmara, Luis Eduardo Magalhães, que a pretendida CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), o imposto sobre cheques que levantaria o seu orçamento em cerca de R$ 8 bilhões, deve ser apreciada depois de votadas as reformas da Previdência, mas sem nenhuma garantia de que será aprovada.

Aliás, nem no próprio governo do qual faz parte Jatene consegue consenso. O novo ministro do Planejamento, Antônio Kandir, que assumiu o lugar de José Serra na terça-feira 4, avisou logo que era contra a CPMF. Em pleno dia de Corpus Christi ele foi chamado ao Palácio da Alvorada pelo presidente Fernando Henrique Cardoso para explicar pessoalmente as razões. E foi bastante claro: "O problema não é injetar mais recursos no sistema. É o sistema que está errado." Jatene sentiu o golpe. Reagiu dizendo que se o governo não apoiasse a CPMF ele se sentiria na obrigação de colocar o…

Lula diz que país não pode ficar "um dia sequer" sem CPMF

Imagem
O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse nesta sexta-feira que o país não pode ficar "um dia sequer” sem os recursos da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). Lula afirmou estar "tranqüilo" em relação à prorrogação do tributo até 2011, mas afirmou que a sociedade terá de arcar com o prejuízo caso a continuidade da contribuição não seja aprovada pelo Senado.

“Caso a CPMF não seja aprovada, quem vai ter o prejuízo não será do governador ou do presidente, mas do povo mais pobre, já que a CPMF garante grande parte do dinheiro da saúde e de programas como o Bolsa Família", destacou Lula, que participou de cerimônia em que autorizou obras de urbanização do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) nas comunidades cariocas de Pavão-Pavãozinho e Cantagalo.

Segundo Lula, nem a União, nem os estados e municípios desejam abrir mão da CPMF, que garante recursos de R$ 40 bilhões para o país. Segundo ele, no ano passado, o estado do Rio …

A vida como ela é

Fazemos coisas na vida, que muitas vezes achamos que não faríamos.
Afirmamos muitas coisas, mais tarde o tempo nos mostra a mesma coisa de outro ângulo.
Defendemos teses, idéias e depois somos agraciados com nova realidade.
O que hoje nos parece certo, correto, amanhã nos mostrará de forma diferente.
Felizes os povos que apreciam o respeito pelas opiniões dos mais velhos, no nosso caso os da terceira idade, até os da melhor idade.
Felizes os povos que reverenciam a sabedoria e o conhecimento dos seus antepassados, suas experiências, como elixir do atalho ao ato perfeito, correto.
O que ontem parecia intransponível, hoje passeamos em cima.
Que Deus ilumine os nossos experientes e sábios da terceira idade.

Carlos Cotta